domingo, 27 de fevereiro de 2011

Tv Bunda


Lembro que eu tinha 12 anos e na escola onde estudava tinha um professor MUIIITO GATO, alto, forte, cabeça raspada, tatuagens nos braços, super cheiroso, cara de mal e usava uma BOLSA TRANSVERSAL. Ele era perfeito e eu sabia que era gay. Só de olhar.

Eu vivia cutucando ele, tipo ele passava e eu cantarolava uma música do SHANNON, acho que ele ficava puto.

Tudo bem, eu tinha só 12 anos e achava que ele era um excessão. Hoje aos 23 percebo que não, todos os melhores caras são gays. Poxa posso listar os belos homens gays famosos e não famosos e são muitos, o que tá acontecendo? Será que vamos ter que nos contentar com os baixinhos, feios, que não sabem se vestir, que estão ficando carecas e não tem a capacidade de raspar a cabeça de uma vez, que não malham por preguiça, que ainda moram com a mãe por comodidade, que usam bermuda e tênis com a meia lá na metade da perna?

Não existem mais homens como o JOHN de 9 semanas e 1/2 de amor,e sabe por que? Por que todos se descobriram gays, também já devem ter enjoado de mulher, é tanta bunda na televisão que não tem mais por que eles se interessarem por mulher, é PÂNICO com aquelas garotas enfiando o rego na câmera, é BBB com aquelas mulheres beijando todas um mesmo cara, é programa de domingo com FUNKEIRA, FEITICEIRA, LADRA, NINJA e tudo que puder se transformar em fetiche. O que eles não mostram são mulheres normais, que trabalham, que fazem academia e que tem um corpo tão ou mais bonito que o dessas mulheres mas que elas por darem valor a si mesmas esperam um cara que mereça ver. Aposto que se a tv começar a colocar homens semi nus vamos todos virar um bando de FRÍGIDOS.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Doce de Padaria


Eu sou louca por doce, principalmente aqueles bem elaborados, cheio de trecos e truques.

Ah alguns meses criei uma teoria, mas nunca escrevi sobre ela, até agora pouco enquanto fuçava meu FACEBOOK e vi uma nova foto, a foto da pessoa que me inspirou a teoria.

Bom, minha teoria é que Homem, é como doce, como DOCE DE PADARIA, eu fico apaixonada nas vitrines de doces de padaria, acho que a maioria das pessoas. Sempre tem doces lindos e brilhantes e convidativos a mordidas. Bom Homem é igual a doce de padaria, tem o brigadeiro, geralmente todo mundo gosta, tem o pudim que é o mais comum e sem graça de todos, tem o mousse de chocolate que é tentador, tem o Maria-mole que dispensa comentários, tem o mousse de limão que sempre amarga no final, tem o bolo confeitado que cara é só aparência mesmo, tem o sonho que é apenas mesmo só sonho e tem o tortinha de morango, que aliás é o meu preferido, mas assim como a tortinha de morango, muitas vezes o creme está azedo no meio. E ao lado deles, geralmente em outro balcão ou numa pequena estufa ficam os PÃES DE QUEIJO.

O doce de padaria, é um verdadeiro mistério pois na maioria das vezes o seu sabor não condiz com sua aparência, isso por que muitas padarias deixam o doce por mais tempo que deveria na vitrine e sempre estão passando aquela geleia brilhante sobre eles para manter a bela aparência, o doce tá lindo, mas o gosto.....

O problema é que sempre vou atrás de um novo doce, na esperança de acertar no sabor. Daí depois de muita decepção com doces pensei que a solução seria comprar mesmo PÃO DE QUEIJO. Até que descobri uma padaria bem chic, descobri doces lindos e deliciosos, lindos e deliciosos sempre! Percebi então que, não preciso de só comer pão de queijo, que o segredo de um bom doce, é procurar na padaria certa. E que concerteza, vamos acabar nos apaixonado por um deles e ser nosso preferido. O meu tipo de doce é tortinha de morango. Acredito que algum cara não vai estar azedo no meio. Basta ir na padaria certa!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Resultado


Queria a lua ou só uma estrela,

queria o brilho ou o opaco,

queria o doce ou o salgado,

queria o amor eterno ou a paixão de momento,

queria ir a Miame ou a Ubatuba,

queria voltar no tempo ou voar pro futuro,

queria dormir 2 horas ou por 2 dias,

queria só um pedido de perdão ou um abraço em silêncio,

queria ter uma mansão ou um apto pequeno,

queria um carrão ou um fusquinha,

queria o mundo ou só um endereço,

queria aplausos ou passar despercebida,

queria norte ou o sul.

De um extremo a outro algo será bem vindo, mas o que eu mais quero é a paz que excede todo pensamento.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Eu não sou JOSEPH CLIMBER


E aí, quando você pensa que vai ficar feliz....

Não me faz nada bem sentimentos de culpa, ou de saber de quem é a culpa, quando passo por essas situações palavras de um homem sábio ecoam na minha cabeça, que merda que merda é tão difícil assim? Será que vou ter que voltar praquele fim de mundo da puta que pariu pra ser feliz de novo? Será que é praga? Será que é minha missão? Será que to me fudendo por que pequei? AI que ódioooooooooooooo!

Nem devo me stressar, meus fios de cabelo não valem certas pessoas. Enfim.

Sempre quis ser professora, porem, minha ultima fase me mostrou que nem tanto assim, ligando claro, a profissão professora a relacionamentos. Tenho 23 pra 24 anos, e embora jovem, tenho uma bagagem razoável, mas ainda tenho muiiito o que aprender, e no quisíto relacionamento, fui professora do ultimo e não quero ser novamente, pois esgotarei minha bagagem e não terei nada em troca.

Quero ensinar o que sei, mas quero receber de volta,e mesmo que minha prima Cláudia cante " Não confie em ninguém com mais de 30 anos... " acho que é a idade perfeita.

Aí tirando o meu stresse básico, como qualquer emprego tem " ai senhor e agora 2 ", estou resolvida em outro campo. Sorte no trabalho, azar no amor, azar no trabalho (eita) sorte no amor, alguma vai acontecer. KKKK bem capaz de azar e azar!

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

CHEIO DE JUVENTUDE


Um dia eu vou morrer, e nem imagino como será,

não tenho medo da morte, tenho medo de velhice e das coisas que podem vir com ela.

Fiquei pensando essa semana, nos vários motivos da vida, de se estar aqui, do fato de ter nascido, e percebo que tomei decisões erradas, outras certas e que muita coisa eu deixei passar. Percebo que tudo pode ser maravilhoso se eu simplesmente entender o X da questão, se me mexer e deixar as pessoas entrarem, sem ter medo de elas irem embora depois por que elas sempre iram. É óbvio que quero que uma fique, com seu belo par de olhos e inteligência.

Como eu já disse uma vez, num antigo texto, no texto BRILHO, sinto medo, medo de me mostrar ou me esconder demais.

Bom, serei eu, ou quem acredito ser, ou quem vim pra ser, tenho uma energia boa me disseram e vou buscar sempre ter pra que fique do meu lado e me ensine o que não sei!