sexta-feira, 25 de junho de 2010

Antes fosse


Antes fosse tímida e nunca quisto aparecer entre a multidão, assim tería quem sabe me escondido dos olhares, dos sorrizos e dos aplausos. E se pudesse voltar no tempo, voltaria no útero de minha mãe, pra quem sabe Deus mudar minha genética e eu não ser tão sensível, chorona e apaixonada, assim, evitaría sentir todos esses sentimentos que tenho de saudade, de tristeza, de solidão, de ódio e de dor. Talvez deveria não ver televisão, não ser informada e nem saber de música e atores, assim, eu não odiaría o rock nacional do Charlie Brown Jr e a cara do Ashton Kutcher. Tinha de ser diferente para não doer, mas não é e doi muito.

Antes fosse eu a dona da razão.