sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Fase Larva


As Borboletas passam por 4 fases, sendo elas ovo, larva, casulo e borboleta adulta.Na minha fase "larva" não fui muito feliz, fiz escolhas que não deveria ter feito e acabei comendo das folhas erradas... A Monarca alimenta-se de uma planta da família das asclépias, portadoras de cardenolídeos ou glicosídeos cordiotônicas, essas substâncias as tornam venenosas.
Ou seja, talvez tenha me faltado veneno... Essa fase larva tornou-se longa, mais do que devería, as larvas fazem um casulo a sua volta por uma questão natural, é a fase de amadurecimento da mesma onde se tornara adulta, Borboleta.Eu entrei num casulo por livre e espontânea presão, para me esconder e quem sabe sair ilesa.Mas não posso dizer que não tive apoio, uma borboleta adulta me ofereceu um casulo simples e transparente, praticamente algo a que tive durante grande parte de ovo a larva, mas não mudaria nada, as regras seríam as mesmas de quando eu era ovo, só faria o que a borboleta adulta me permitisse e com o casulo transparente eu acabaría vendo coisas que não queria, como o motivo que me levou a ser casulo.Outra borboleta adulta, companheira da primeira disse que se eu quisse ficar que não teria problema, mas que ela achava melhor que eu fizesse meu casulo em outra árvore, de preferência longe junto com uma borboleta que me ajudasse a crescer dentro do casulo até que eu tenha força pra sair e me mostrar.
Uma Borboleta Colorida me ofereceu um espaço em sua árvore, disse que minha presença a ajudaría tambem e que só tería de seguir algumas regras nada demais, por ser uma borboleta muito especial e que tambem passou por uma fase larva complicada, aceitei e acho que irei aprender muito com ela.Ainda estou no meu casulo, ele não tem cor definida hora branco, hora preto de vez em quando FURTACOR, aqui dentro não tenho feito muita coisa, mais observo e durmo e embora as borboletas não se alimentem dentro do casulo tenho feito muito isso. Enquanto casulo, conterei minhas histórias na fase larva.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010


As Borboletas são animais muito interessantes, começam feias como lagartas moles e estranhas que comem e se trancam em uma capa fina e resistênte para se esconder, se transformar. Acredito que lá de dentro elas ouçam o mundo a sua volta e por mais que tenham vontade de sair não podem, pois uma força maior as seguram lá dentro.

Bem estou no meu casúlo agora, e vou contar como é ficar aqui e ouvir o mundo sem poder sair!